• NavegaçãoInício » Arquivo de sustentabilidade
  • AumentarDiminuirNormal

sustentabilidade

SustentOPORTUNIDADE

03 de Dezembro de 2011 às 09:55 em
por Sérgio Xavier

Zoom
Capa do livro Expoidea - A feira do Futuro

Reinventar a civilização em bases sustentáveis é o desafio do Século 21. Criar uma nova economia, revertendo democraticamente megaprocessos de degradação da vida no planeta Terra, requer ecoideias, novas atitudes e tecnologias inovadoras. As soluções para evitar o colapso ambiental exigem esforços, mas também geram infinitas oportunidades.

Sérgio Xavier - Texto publicado no Livro “Expoidea – A feira do Futuro"

 
Para superar a velha economia, baseada no uso descontrolado de recursos naturais, na demanda crescente de energia e na explosiva geração de lixos e poluições, é fundamental investir em inovação tecnológica, educação e políticas públicas participativas.


Ultrapassando os limites suportáveis dos recursos naturais e criando situações de riscos, o crescimento econômico por si só já não representa melhoria do bem estar social. A base natural que sustenta a vida está em situação crítica. Em Pernambuco restam 52% da Caatinga, menos de 50% dos Mangues, cerca de 2% de Mata Atlântica e 0% de rios limpos. Não adianta elevar renda e consumo se continuarmos perdendo progressivamente qualidade e expectativa de vida.


O velho modelo de crescimento a qualquer custo, com foco apenas em indicadores econômicos, com pensamento “OU”, excludente (OU Pessoas, OU Ambiente, OU Futuro, OU Ética) precisa ser substituído por um novo, que valorize a vida em todas as suas formas e que seja includente, considerando simultaneamente: Pessoas + Ambiente (Biodiversidade) + Economia + Ética, reduzindo desigualdades e respeitando futuras gerações (priorizando o pensamento “E”).


Criar um modelo de desenvolvimento sustentável exige mudanças culturais, acesso a conhecimentos, financiamento à inovação e, sobretudo, compromisso com equidade social nas relações de consumo. Por outro lado, o caminho para a sustentabilidade abre infinitas oportunidades, em múltiplas áreas. Cada problema provoca reflexões e multiplica possibilidades criativas na busca de soluções em cadeias produtivas.


O ecodesenvolvimento requer uma base tecnológica caracterizada por baixa emissão de carbono (para evitar aquecimento global), racionalização energética, reciclagem de resíduos e uso de matérias primas obtidas em processos naturalmente equilibrados. Planejamento, educação, capacitação profissional, comunicação e pesquisa continuada são os pontos de partida.


Para viabilizar transformações consistentes, as estruturas e os processos educacionais e profissionalizantes devem se orientar por conceitos arrojados e visão antecipatória do futuro. Em vez de estar a reboque do mercado e do modelo econômico convencional, a ciência, a pesquisa, o desenvolvimento tecnológico e a educação devem estar adiante, influenciando e construindo futuros desejáveis: socialmente justos, economicamente viáveis e ecologicamente equilibrados.


Prospectar e interligar conhecimentos, criar ambientes de intercâmbio criativo e consolidar redes colaborativas são ações fundamentais para a construção de novas formas de viver, conviver e buscar a felicidade, para gerações atuais e vindouras. A Expoidea agregou estas múltiplas dimensões e mostrou que Pernambuco pode se transformar no Estado da inovação colaborativa e sustentável, focando nas oportunidades da emergente economia ecológica.

O estado precisa se antecipar e aproveitar as oportunidades dos novos mercados verdes, em ascensão no planeta. Energias renováveis (cadeia da geração solar, eólica e da biomassa), carros elétricos, indústria criativa, turismo ecológico, produtos virtuais, redes digitais, eletrônica orgânica (novos circuitos de carbono), cadeia produtiva ciclística (bicicletas e ciclovias), redes colaborativas de gestão de conhecimento, mercado da racionalização do uso da água, indústria reversa (reciclagem integrada), tecnologias de baixa emissão de carbono, biotecnologia, agricultura orgânica, planejamento urbano verde, Ecodesign e arquitetura sustentável, são alguns exemplos das promissoras opções de investimento, onde Pernambuco tem potencialidade para liderar.

Pernambuco tem um enorme potencial para se transformar em um pólo internacional de inovações sustentáveis. Reúne centros de pesquisa de referência em diversos setores, tem uma economia crescente, vocações diversificadas, uma localização geográfica privilegiada e possui recursos naturais que ainda podem ser recuperados, preservados e explorados de forma sustentável. Além disso, tem a cultura e o turismo como forças econômicas que dependem de ambiente preservado para evoluírem.


Reduzir a desigualdade e proteger os recursos naturais é a chave para viabilizar um desenvolvimento equilibrado. O aumento de renda de populações pobres possibilita ampliar o consumo e manter o dinamismo da economia. A redução de desperdícios, a reciclagem, o uso de tecnologias de baixa demanda energética e de baixo impacto ambiental, combinados com a gestão permanente dos recursos renováveis, possibilitará prolongar a vida humana na Terra e melhorar coletivamente a sua qualidade.


Tudo isso ocorrendo simultanemanente promove um novo ciclo econômico, gerando novos perfis de emprego e renda, realimentando processos seguros e evolutivos de desenvolvimento.


O principal eixo da nova Economia Sustentável deve ser o investimento em atividades geradoras de empregos verdes, em larga escala, envolvendo profissionais de ponta e também parcelas pouco qualificadas da população. Transformar desperdício em renda, a partir de inovação nos processos, é o caminho para multiplicar empregos, sem grandes investimentos. Isso é possível, por exemplo fazendo um "Upsizing" das grandes cadeias produtivas (ampliando postos de trabalho, reformulando a matriz energética, recuperando recursos degradados e reduzindo a poluição - simultaneamente, num processo econômico "ganha-ganha").


Expoidea - A feira do futuro, despontou em boa hora, mostrando que os novos horizontes sustentáveis, estão se abrindo a partir de mentes instigadas e organizações cocriativas, atuando em rede.

Texto publicado no Livro “Expoidea – A feira do Futuro – Um mundo de idéias para construir uma idéia melhor de mundo. Organizador - Rogério Robalinho. Expoidea, 2011.

 

 VIDEO EXPOIDEA

Video Expoidea - A Feira do Futuro

 

LINK PARA VIDEO DO EXPOIDEIA 

http://vimeo.com/couchmode/expoidea/videos/sort:newest/25737447

LINK PARA REVISTA EXPOIDEA

http://issuu.com/expoideafeiradofuturo/docs/revista_expoidea_2010

Caminhos para a sustentabilidade

19 de Novembro de 2010 às 08:26 em
por Sérgio Xavier

Veja no link abaixo apresentação realizada na abertura do Expoidea - A feira do Futuro, no painel: "Como a Tecnologia, Cultura e Sustentabilidade vão influenciar o Desenvolvimento do País nos Próximos anos" - do qual participei juntamente com Luciano Coutinho (presidente do BNDES), Luciana Santos (deputada federal eleita pelo PCdoB), Luciana Azevedo (Presidente da Fundarpe) e Daniel da Hora (professor da UFPE).

 

A nossa estratégia é o esclarecimento e a conscientização

10 de Setembro de 2010 às 08:19 em
por Sérgio Xavier

Gleyson Ramos - Nov2009 Zoom
Sérgio Xavier e Marina Silva

Entrevista de Sérgio Xavier ao jornalista Ivo Dantas:

1- O que o senhor acredita que poderia estar sendo feito para desenvolver Pernambuco e foi "esquecido" pela atual gestão?

Sérgio Xavier - Falta ao atual governo empenho e competência para melhorar os serviços públicos de educação e saúde. Houve um pequeno avanço na área de segurança, mas os índices de criminalidade ainda são assustadores. Só em 2010 já ocorreram mais de 2.000 homicídios no estado. Não dá pra comemorar. Também falta visão estratégica de futuro e incorporação do conceito de desenvolvimento sustentável. Os indicadores econômicos são positivos, mas não refletem na qualidade de vida das pessoas e não reduzem as imensas exclusões sociais. O projeto governamental é o mesmo há décadas: crescimento econômico a qualquer custo, mantendo as desigualdades, a concentração de renda, a baixa formação educacional e aumentando a degradação ambiental, que piora a saúde e as condições de vida de hoje e do futuro.

2- Como fazer diferente?

Sérgio Xavier - Priorizando de verdade a educação, pois conhecimento é a saída para todos os problemas humanos. É fundamental garantir recursos, fazendo boas escolhas na hora de definir o orçamento, reduzindo desperdícios, combatendo a corrupção, melhorando a arrecadação e replicando casos de sucesso, soluções simples e baratas que já dão resultados em vários lugares. O conceito de sustentabilidade deve ser incorporado para garantir o equilíbrio de três pilares: fortalecimento da economia, inclusão social produtiva e uso sustentável dos recursos naturais. Sem recursos naturais não haverá empresas, nem empregos, nem saúde, nem perspectiva de vida melhor.

3- Como o senhor vê o atual cenário de disputa no Estado? Acredita ainda ter possibilidades de "virar o jogo"?

Sérgio Xavier - É muito difícil vencer poderosas máquinas eleitorais e a propaganda intensa que hipnotiza as pessoas, com mensagens de que tudo está indo bem. Não achamos que esteja bem. Não é aceitável ter 28,5% de analfabetos acima de 15 anos. Não é aceitável ter mais de 1 milhão de famílias sobrevivendo do Bolsa Familia, sem expectativa de ingresso no mercado de trabalho. Não dá para aceitar crianças e idosos abandonados e gente catando comida no lixo. Nem podemos nos acomodar com a aproximação de um colapso dos nossos recursos naturais. Portanto, mesmo com poucas chances de “virar o jogo” nessas eleições, é fundamental aprofundar o debate, alertar consciências e inserir na pauta novos temas, que não estão nos discursos dos demais candidatos, criando novas perspectivas. Este é o nosso papel: provocar mudança de mentalidades e atitudes. Como o eleitor é soberano, ele é quem determinará o resultado final. E esperamos que a proposta verde tenha grande receptividade e influenciem os demais candidatos a pensarem de forma sustentável. A verdadeira democracia depende de um eleitor crítico e bem informado.


4- O senhor se sente prejudicado por alguma prática de campanha utilizada pelo governador Eduardo Campos?

Sérgio Xavier – A disputa é muito desigual.. Quem não dispõe de recursos, de estrutura e dos apoios subservientes comuns de quem está no poder, fica numa extrema desvantagem. Mesmo tendo propostas inovadoras, conteúdos e experiência administrativa, como no nosso caso. Eleição é uma disputa entre esclarecimento e manipulação. Entre interesses de pequenos grupos e pensamentos estratégicos. Entre idealismo e renovação contra a resistência para deixar tudo como está. A nossa única arma é a informação. A nossa estratégia é o esclarecimento e a conscientização. A nossa única força é o voto crítico, do eleitor independente. É para garantir a oxigenação, a inovação e o idealismo na política que estamos enfrentando firmemente esta batalha.

5- E a disputa para o Senado, Assembléia Legislativa e Câmara Federal? O PV deve crescer sua representatividade no legislativo?

Sérgio Xavier – Esperamos o melhor resultado da nossa história. Pela primeira vez o PV lança candidaturas majoritárias em Pernambuco e uma chapa proporcional independente. É um privilégio ter como candidata ao senado a médica Renê Patriota, que tem uma história de luta em defesa dos direitos na área de saúde, reconhecida na capital e no interior. Com a histórica candidatura de Marina Silva o PV está se popularizando e isso vai refletir na eleição dos nossos deputados e deputadas.

6- Por se tratar de um partido menor, o PV não tem tanto tempo na TV e Rádio. A internet pode ser uma saída?

Sérgio Xavier – Sim, a internet é um canal fundamental de comunicação. Usaremos as redes digitais para informar, interagir e envolver as pessoas na construção colaborativa de propostas. O foco é agregar ideias inovadoras e motivar a participação política consciente. A internet é o meio ideal para instigar a criatividade e a inteligência coletivas, interligando pensamentos afins. Estamos articulando ativistas virtuais, voluntários. Há muitos idealistas na web que se dispõem a colaborar espontaneamente por acreditar nas propostas arrojadas do PV.

Imagens

    Ver imagens Ver imagens Ver imagens
Ver Mais

Últimos Clips

AchaNotícias

Eleições 2010

Sérgio Xavier no Twitter

Newsletter

Receba nossas novidades por email





Indique

Indique o blog para um amigo





Categorias

Arquivo